100 anos do União dos Operários: com a presença maciça de amigos e ídolos de todos os tempos

100 anos do União dos Operários: com a presença maciça de amigos e ídolos de todos os tempos

Postado em Social, UOFC Centenário


Sábado, 6 de maio de 2017 às 18h09


Uma festa para ficar na história com todo o mérito! Assim poderia ser descrita a festividade que marcou o Centenário do clube, fundado em 1º de maio de 1917.

Gerson Soares

O União dos Operários Futebol Clube (UOFC) promoveu uma festa com todos os requisitos necessários para que um clube da Capital se consagrasse e entrasse para a história paulistana ao completar 100 anos. Fundado no dia 1º de maio de 1917, mantém as mais puras tradições até hoje; a começar por uma grande festa no dia do seu aniversário, reunindo centenas de pessoas amigas do clube.

 

Missa celebrada pelo MI Rosivaldo Donizete Vieira da Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Pompeia. Foto: Caio Reis / aloimage

 

Festas são especialidades do UOFC que possui vários espaços destinados a confraternizações. E, já que estamos falando no assunto... Para uma boa festa do mundo da bola, em primeiro lugar reúna muitos amigos – se possível em um campo de futebol – e bons jogadores que façam a alegria dos torcedores. Pronto, começa por aí. A presença de atletas consagrados do futebol brasileiro, sob a batuta do Vampeta, o mais descontraído campeão mundial, tendo ao seu lado ídolos de todos os tempos do futebol brasileiro, esquenta a brincadeira e jogo começa.

 

Hasteamento das bandeiras e execução dos hinos Nacional e do Operários. Foto: Caio Reis / aloimage

 

Mas para fazer uma grande festa que vem lá dos campos de terra e barro do futebol de várzea, ainda são necessários outros quesitos principais que acontecem durante o jogo, tais como: fogos, churrasco com carne no meio do pão, churrasco de linguiça – tudo à vontade, para quem chegar. Ah! Muita, muita gente, umas 600 pessoas. Bom, a festa começou bem, mas... está faltando alguma coisa: 1.400 litros de chopps! Certo, agora sim. E é isso, o União dos Operários agradece a todos por participarem desta festa inesquecível.

Deixamos aqui de citar nomes de jogadores e demais clubes para que todos possam ser lembrados, pois a presença desses atletas foi uma constante durante todo o dia 1º de maio. Assim como representantes de entidades e clubes amigos. Podemos afirmar que foram muitos representantes de agremiações que honraram a festa dos 100 anos do “Operário”, e ainda estamos fazendo um levantamento.

 

Placa em homenagem aos veteranos. Foto: Caio Reis / aloimage

 

COMEMORAÇÃO E HOMENAGENS

Seguindo uma tradição, agora centenária, por volta das 09h15, foram hasteadas as bandeiras do Brasil, de São Paulo e União dos Operários F. C. nesse dia histórico, ao som do Hino Nacional Brasileiro e do clube, com a presença de veteranos de todas as décadas, dentre eles jogadores que já passaram dos 85 anos e são baluartes do clube. Através de suas iniciativas no passado, as novas gerações encontraram uma base sólida para erguer ainda mais essa bandeira. Essas novas gerações do Operário – como é carinhosamente chamado –, já vêm atuando há 40 anos, e é nesse ponto que fazemos uma reflexão: como o tempo passa, rápido.

 

Descerramento da placa que será colocado ao lado do campo em homenagem aos veteranos. Foto: Caio Reis / aloimage

 

As diretorias que se formaram através das últimas quatro ou cinco décadas, garantiram novos empreendimentos ao clube, a manutenção do campo de futebol e a modernização das instalações que continuam sendo renovadas, além de projetos vindouros que estão sendo pautados.

 

Homenagem aos veteranos. Foto: Caio Reis / aloimage

 

Após o hasteamento das bandeiras, ladeado pelos veteranos do clube, foi descerrada uma placa em homenagem a eles, pelos meritórios serviços prestados. Uma forma singela de lembrá-los para sempre. Em seguida, os atletas se dirigiram aos vestiários e logo depois já estavam no campo, onde mais uma vez homenagearam os veteranos e diretores do clube.

 

Homenagem aos diretores. Foto: Caio Reis / aloimage

 

Perfilados, cada jogador entregou uma placa personalizada aos jogadores antigos. A lembrança foi produzida de forma idêntica à placa comemorativa que agora será instalada ao lado do campo de futebol. Esta foi mais uma forma de as novas gerações do clube agradecerem aos seus anciãos, nesse dia que entrará para a história e será ainda eternizado no livro que está sendo preparado.

 

Parabéns pelos 100 anos. Foto: Caio Reis / aloimage

 

Clique aqui e leia sobre o livro dos 100 anos